Novidades

Confira 5 dicas que toda empresa precisa antes de contratar a tradução simultânea!

06 de março de 2020

Vai realizar qualquer tipo de evento que possua presença internacional? Então, a contratação de tradução simultânea é indispensável para que o evento seja um sucesso. Isso serve para congressos, palestras, treinamentos, workshops ou até mesmo reuniões.

Mas, para fazer a melhor escolha e aproveitar todas as vantagens da tradução simultânea, anote as dicas infalíveis e superimportantes que separamos para você. Com elas, você saberá escolher o intérprete ideal, entenderá qual é a estrutura necessária para os equipamentos de tradução simultânea, bem como a importância de contar com bons aparelhos, que dão suporte indispensável aos profissionais.

Confira abaixo!

1 – Na tradução simultânea, intérprete e cabine são um combo!

O trabalho de tradução simultânea precisa, indispensavelmente, do suporte de equipamentos. Mas muitos contratantes não sabem disso. O que acontece? Acabam escolhendo os profissionais, mas não alugam a cabine de tradução simultânea.

A maioria dos intérpretes não faz a locação dos equipamentos, então, o contratante precisa alugar à parte. Já as empresas de tradução simultânea, como a Tradinter, costumam oferecer o serviço completo, o que facilita na hora de contratar o serviço.

Por isso, na hora de contratar os intérpretes de idiomas, não esqueça da cabine!

Além disso, lembre-se da quantidade adequada de intérpretes e de equipamento. Por exemplo:

  • Para cada idioma são necessários dois intérpretes e uma cabine (não dá para colocar um intérprete de espanhol e outro de inglês na mesma cabine);
  • A duração do evento influencia na quantidade de intérpretes, quando breves, apenas um intérprete pode ser suficiente;
  • Cada pessoa da plateia recebe um receptor para ouvir a tradução, então, garanta que terá a quantidade suficiente de receptores.

2 – Portunhol não é um idioma!

É comum vermos descaso com a tradução da língua espanhola aqui no Brasil, exemplo disso é quando o evento não conta com a tradução simultânea mesmo quando há participantes falantes do espanhol. Isso é algo comum até mesmo em programas de TV: convidados internacionais que falam espanhol não contam com um intérprete, e o apresentador faz a entrevista em português, resultando em um portunhol terrível.

No caso de palestras, ao invés de entender o conteúdo, o resultado é o palestrando arriscando o portunhol enquanto fica desconfortável com a situação. Imagine falar para uma plateia de rostos confusos com o que você está dizendo?

Fuja dessa situação embaraçosa e constrangedora, além de se tornar uma palestra ineficaz.

3 – A tradução é uma via de mão dupla: conte com intérpretes para a plateia e para o palestrante também

Contratar a tradução simultânea para quando o orador é estrangeiro é o mais comum. Mas não esqueça de dar suporte para sua plateia também. Ou seja, quando o orador estrangeiro for assistir a outras palestras, onde o palestrante fala português, é importante que ele entenda.

Caso contrário, ele ficará em um evento onde não entenderá nada. E é sempre importante fazer o conhecimento circular tanto de estrangeiros para brasileiros, quanto de brasileiros para estrangeiros.

Então, quando os convidados internacionais forem ficar durante o evento, ofereça tradução para eles também.

4 – Os intérpretes precisam de informação

Entre os intérpretes, é comum lidar com cliente que não oferecem as informações necessárias. Normalmente o profissional vai pedir informações sobre o assunto para que ele estude mais a fundo e fique por dentro dos termos específicos da área. A partir dessa imersão, os intérpretes criam um glossário que levam consigo na hora do evento.

Por isso, é importante que os profissionais recebam o máximo de informações possível, como o próprio slide que o palestrante usará, seu nome, o perfil da plateia (especialistas ou leigos?), por exemplo.

5 – Fluência não basta para ser intérprete

Aqui é outro mau-hábito como o do portunhol. Ao invés de contratarem intérpretes profissionais, as empresas “escalam” um colaborador fluente na língua estrangeira em questão para traduzir reuniões e chamadas de vídeo ou telefonemas.

Mas, além de o colaborador ter suas próprias funções, ele não está apto para assumir o papel de intérprete. Independentemente do que possa parecer, o trabalho de tradução simultânea e consecutiva é bastante complexo. Em tempo recorde, é necessário entender, pensar em uma maneira de passar aquela mesma informações em outro idioma e falar. Entre entender e comunicar há uma distância grande.

Então, não subestime a importância de um profissional.

Escolha a Tradinter e tenha o melhor da tradução simultânea

A Tradinter fornece tudo o que você precisa para realizar a interpretação simultânea do seu evento: equipamentos de qualidade e profissionais experientes.

Desde 2005, a Tradinter trabalha com tradução simultânea em São Paulo, com presença no Porto de Santos também. Atuamos com profissionais que possuem mais de 20 anos de experiência, oferecendo tradução simultânea e consecutiva em português, inglês, espanhol e francês. E tradução escrita em italiano, português, inglês, espanhol e francês. Em eventos com tradução simultânea, disponibilizamos equipamentos para atender essa especialidade.

A Tradinter oferece todos os serviços que você precisa em único lugar, conte com nossos intérpretes experientes e os melhores equipamentos, seja no setor público ou privado. Possuímos o certificado da “International Association of Professional Translators and Interpreters”.

Entre em contato conosco

Fale pelos telefones (11) 3828-0987 (13) 99726-1464 ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp ou pelo e-mail.

A Tradinter atua com tradução simultânea em São Paulo e Santos, bem como tradução consecutiva e escrita. Unindo intérpretes, com mais de 20 anos de experiência, e equipamentos de tradução simultânea de ponta.


Gostou? Compartilhe!

(11) 3828-0987