Novidades

Um equipamento ruim de tradução simultânea pode acabar com seu evento!

24 de janeiro de 2020

Quando falamos sobre tradução simultânea para eventos, não podemos deixar de lado os equipamentos. Essa tarefa depende não apenas de um intérprete de idiomas experiente, mas também de equipamentos para a sonorização do ambiente e para a transmissão e recepção de áudio. Esses são os três pilares para realizar a tradução simultânea com qualidade.

Você já sabia sobre isso? Contar com equipamentos é uma das características que diferenciam a tradução consecutiva da simultânea e sua escolha deve considerar critérios rigorosos senão, como já falamos, isso pode acabar com seu evento!

Para saber mais sobre esse assunto e não errar na contratação desse serviço, tanto dos profissionais quanto dos equipamentos, continue lendo o texto!

1. Toda a tradução precisa de equipamentos?

Está uma dúvida que, ao ouvir a resposta, as pessoas podem acabar optando pela modalidade errada de tradução. Mas vamos lá: apenas a tradução simultânea utiliza equipamentos. E, por isso, quando pensam no espaço que uma cabine de tradução simultânea ocupará, contratantes acabam optando pela consecutiva. Mas isso é um erro. Primeiro porque o processo de cada uma é diferente da outra e elas não se substituem. Segundo porque existe uma alternativa à cabine de tradução – falaremos dela nos próximos tópicos.

2. Qual a diferença entre simultânea e consecutiva?

Você não sabe qual a diferença entre tradução simultânea e consecutiva? Na teoria é bem simples:

Tradução simultânea:

Com o auxílio do equipamento, o intérprete pode fazer a tradução do que o palestrante, por exemplo, está dizendo quase no exato momento. Acontece assim: o intérprete ouve o que o palestrante diz, fala a interpretação da frase no microfone, que chega ao público através de receptores individuais (fones de ouvido).

Tradução consecutiva:

Sem a o auxílio de equipamentos, talvez apenas munido de uma caneta e um bloco de notas, o intérprete ouve o que o palestrante diz, então, ao final de um parágrafo mais ou menos, o palestrante faz uma pausa e o intérprete comunica a ideia de tudo o que foi dito. Nesse método, o evento ou reunião acaba demorando mais tempo, além de a informação não ser tão detalhada.

3. Quais os tipos de equipamentos?

Se sua maior preocupação é quanto ao espaço disponível para comportar a cabine de tradução simultânea, fique tranquilo, pois existe uma alternativa. Conheça um pouco sobre a cabine e sobre o equipamento portátil:

 Cabine de tradução simultânea:

Essa é a melhor opção de equipamento tanto para os intérpretes quanto para o público, então, deve ser a primeira opção para você que precisa do serviço.

Como funciona?

Os intérpretes ficam dentro da cabine de tradução simultânea com isolamento acústico, ouvindo o palestrando diretamente pelos fones, e traduzem para a plateia através dos microfones. O áudio dos intérpretes é captado e transmitido pelos fones de ouvido da plateia.  Ou seja, o intérprete é ouvido com perfeição, mas não é visto.

Além da qualidade relacionada ao áudio, com recepção e transmissão perfeita, a cabine proporciona maior conforto e infraestrutura aos intérpretes, bem como privacidade.

Na cabine, o intérprete pode montar o seu notebook na bancada para cessar glossários e apresentações em Powerpoint, oferecendo uma interpretação muito mais completa. Também é possível aumentar ou diminuir o volume da voz do palestrante, controle de iluminação para ler discursos, e outros recursos que facilitam a concentração e a execução de um bom trabalho.

Onde fica?

A cabine de tradução costuma ser posicionada no fundo da sala, de onde os intérpretes podem ter boa visão dos palestrantes. Mas em teatros e auditórios mais completos, já existe uma cabine fixa na área técnica ou mezanino, longe da plateia e com visão para o palco.

Para ambientes menores uma alternativa possível é o biombo. Apesar de não haver um isolamento acústico, a voz dos intérpretes fica contida para não atrapalhar os palestrantes.

Equipamento portátil para tradução simultânea:

Diferentemente do que possa parecer, o equipamento portátil não serve apenas para locais pequenos, mas sim para eventos mais específicos que precisem de tradução simultânea com maior mobilidade, como reuniões em escritório e visitas de campo em fábricas e demais locais abertos.

Como funciona

O intérprete faz a tradução simultânea com o auxílio de um transmissor portátil com microfone, enquanto o público acompanha o conteúdo na voz do intérprete através dos receptores individuais.

4. Quando cada um deve ser usado?

A cabine deve ser utilizada em eventos realizados em salas grandes, que comporte a cabine. Em eventos maiores e com maior infraestrutura, várias cabines de tradução simultânea podem ser montadas na mesma sala, de acordo com o número de idiomas na conferência.

Já o equipamento portátil de tradução simultânea é ideal para reuniões de até 25 pessoas em ambientes fechados.

5. Todo intérprete já tem equipamento de tradução ou o cliente precisa alugar à parte?

Diversas empresas de interpretação não contam com os equipamentos necessários, sendo preciso adquiri-los à parte, alugando de outra empresa. No entanto, contratar intérpretes juntamente com os equipamentos traz maior vantagem e garantia de eficiência, uma vez que a empresa estará por dentro de cada detalhe do evento, sabendo a melhor maneira de como utilizar os equipamentos.

Quem faz uma boa escolha de intérprete, considerando sua experiência e reputação, pode ter certeza de que o evento será bem-sucedido com uma excelente tradução.

Mas tão importante quando o intérprete é a qualidade dos equipamentos de sonorização.

6. E quando o equipamento é ruim?

Os intérpretes precisam ouvir o palestrante com perfeição, o som deve ser nítido. Assim como o público também merece um áudio de qualidade.

A cabine de tradução tem que isolar completamente o som da voz dos intérpretes. Por isso que é recomendável escolher equipamentos novos com a última tecnologia disponível.

Quando equipamento não é adequado, e aqui estamos falando tanto da cabine quanto dos portáteis, isso acaba prejudicando grandemente a eficiência da tradução e a qualidade do evento.

No vídeo disponível no portal do Balanço Geral, você pode conferir o exemplo de um equipamento de tradução simultânea com a falhas técnicas e como isso atrapalha o intérprete e seu trabalho. Nesse caso, quem estava assistindo ao programa, perdeu diversas informações.

Conheça a Tradinter

A Tradinter fornece tudo o que você precisa para a sonorização de seu evento!

Desde 2005, a Tradinter trabalha com tradução simultânea em São Paulo, com presença no Porto de Santos também. Atuamos com profissionais que possuem mais de 20 anos de experiência, oferecendo tradução simultânea e consecutiva em português, inglês, espanhol e francês. E tradução escrita em italiano, português, inglês, espanhol e francês. Em eventos com tradução simultânea, disponibilizamos equipamentos para atender essa especialidade.

A Tradinter oferece todos os serviços que você precisa em único lugar, conte com nossos intérpretes experientes e os melhores equipamentos, seja no setor público ou privado. Possuímos o certificado da “International Association of Professional Translatorns and Interpreters”.

Entre em contato conosco

Fale pelos telefones (11) 3828-0987 (13) 99726-1464 ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp ou pelo e-mail.

A Tradinter atua com tradução simultânea em São Paulo e Santos, bem como tradução consecutiva e escrita. Unindo intérpretes, com mais de 20 anos de experiência, e equipamentos de tradução simultânea de ponta.


Gostou? Compartilhe!

(11) 3828-0987